FUMDES


EDITAL Nº 08/2014 – DE ABERTURA DAS INSCRIÇÕES DO PROCESSO SELETIVO – BOLSAS DO UNIEDU 2014/02.

 

A Associação Educacional Luterana - BOM JESUS/IELUSC, pessoa jurídica de direito privado, mantenedora da Associação Educacional Luterana - BOM JESUS/IELUSC, com sede na rua Princesa Isabel, 438, Centro, Joinville-SC – CEP 89201-270, inscrita no CNPJ sob o n°. 84.685.163/0002-45, através de seu Diretor Geral Silvio Iung este no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, e com base no que dispõe as Leis Complementares nº 281 de 20/01/05, nº 296 de 25/07/05 e nº 420, de 01/08/2008 da Constituição do Estado de Santa Catarina, RESOLVE tornar público os critérios de inscrição e seleção para obtenção de bolsa de estudo e licenciatura para o ano de 2014 para estudantes regularmente matriculados em curso de graduação desta Instituição, que possua as seguintes condições:


1) Esteja regularmente matriculado;

2) Comprove renda per capita familiar igual ou menor que três salários mínimos;

3) Não tenha diploma de curso Superior de Graduação;

4) Não tenha nenhum outro tipo de auxílio financeiro para estudar; (PROUNI, Fies, Auxílio-Empresa);

5) Tenha bom desempenho acadêmico (frequência e aproveitamento) para o caso da renovação da bolsa;

6) Ter cursado o Ensino Médio em escola pública ou em Instituição privada com bolsa de estudos integral ou parcial;

7) Residir a no mínimo dois anos no Estado de Santa Catarina.

 

 

1. PROCESSO DE INSCRIÇÃO E DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA BOLSAS DE ESTUDO

 

1.1 Preencher inscrição no site www.uniedu.sed.sc.gov.br/graduacao/cadastramento até o dia 11 de agosto de 2014.

 

1.2 Após divulgada a lista dos inscritos, preencher Ficha socioeconômica, via endereço eletrônico, no site www.ielusc.br no link CENTRAL DO ALUNO, de 18/08/2014 até 22/08/2014, fornecendo todos os dados e informações necessárias, para efeito de cálculo do Índice de Carência. A confirmação do cadastro de inscrição será feita de forma eletrônica.

 

1.3 No dia 26/08/2014 será divulgada a lista dos pré-selecionados. Os acadêmicos pré-selecionados deverão apresentar o original e uma cópia dos seguintes documentos:


 

A. RELATIVOS À COMPOSIÇÃO DO GRUPO FAMILIAR:

- Cópia da Carteira de Identidade e CPF de todos os integrantes do grupo familiar, incluindo do aluno/candidato, podendo ser apresentada certidão de nascimento em caso de menores de 18 anos;
- Cópia da certidão de casamento ou de união estável, quando for o caso;
- Cópia de comprovante de separação ou divórcio, quando for o caso; Em casos de não separados/divorciados legalmente, apresentar declaração com assinaturas reconhecidas em cartório do declarante e de duas testemunhas, conforme modelo disponível no site.
- No caso de pessoa com deficiência no grupo familiar, apresentar laudo médico, com data atualizada.

 

B. DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA:
- Apresentar cópia da última Declaração do Imposto de Renda (completa, incluindo o recibo de entrega).
- Em caso de isentos, não é necessário apresentar declaração.

 

C. COMPROVANTE DE RENDA DO GRUPO FAMILIAR:
- Comprovante de rendimentos dos integrantes do grupo familiar que se enquadre em uma ou mais das situações abaixo:
 

a) Assalariado:
- Cópia do último demonstrativo de pagamento.
 

b) Autônomo ou Profissional Liberal:
- DECORE - Declaração Comprobatória de Rendimentos, juntamente com cópia da Guia de Recolhimento de INSS dos três últimos meses; ou Declaração de Rendimentos, conforme modelo disponível no site com assinaturas reconhecidas em cartório do declarante e de duas testemunhas (original) juntamente com a cópia da Carteira de Trabalho (página da identificação, último contrato de trabalho e a próxima em branco).
 

c) Trabalhador Informal ou Eventual:
- Declaração de rendimentos, conforme modelo disponível no site, com assinaturas reconhecidas em cartório do declarante e de duas testemunhas (original), juntamente com a cópia da Carteira de Trabalho (página da identificação, último contrato de trabalho e a próxima em branco).
 

d) Proprietário Individual ou Sócio-proprietário de Empresa Ativa:
- Cópia do Contrato Social com todas as alterações, juntamente com cópia da Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (completa).
 

e) Proprietário Individual ou Sócio-proprietário de Empresa Inativa:
- Cópia do Protocolo de baixa em uma das esferas: municipal, estadual ou federal.
 

f) Aposentado, Pensionista ou Beneficiário de auxilio Doença no INSS:
- Extrato obtido via internet no site www.dataprev.gov.br; ou comprovante de rendimento que contenha o número e o valor do benefício recebido, juntamente com a cópia da Carteira de Trabalho (página da identificação, último contrato de trabalho e a próxima em branco).
 

g) Produtor Rural;
- Declaração do Sindicato dos Produtores Rurais; ou declaração do próprio agricultor, conforme modelo disponível no site com assinaturas reconhecidas em cartório do declarante e de duas testemunhas, constando a atividade rural desenvolvida e a remuneração bruta.
- Caso as atividades rurais sejam realizadas em terras de terceiros, apresentar também a cópia do contrato de arrendamento.
 

h) Desempregado ou que não exerce atividade remunerada;
- Declaração de que não possui renda, conforme modelo disponível no site com assinaturas reconhecidas em cartório do declarante e de duas testemunhas, juntamente com cópia da Carteira de Trabalho (página da identificação, último contrato de trabalho e a próxima em branco).
- Caso a data de saída do último emprego seja nos últimos três meses, a cópia da Carteira de Trabalho pode ser substituída por cópia da Rescisão Contratual.
- Se estiver recebendo Seguro Desemprego, trazer cópia de documento comprobatório que discrimine o valor recebido.
 

i) Pensão alimentícia;
- Declaração constando o valor da pensão alimentícia, com assinaturas de quem paga e também de duas testemunhas reconhecidas em cartório, conforme modelo disponível no site; ou extrato bancário com o valor recebido/pago; ou folhas de pagamento que discrimine o valor.
- No caso de pais divorciados/separados que não recebem pensão alimentícia, apresentar declaração com assinaturas reconhecidas em cartório do declarante e de duas testemunhas, conforme modelo disponível no site.
 

j) Receber Aluguel de Imóveis;
- Declaração constando o valor recebido mensalmente, com assinaturas reconhecidas em cartório do declarante e de duas testemunhas, conforme modelo disponível no site; ou declaração da imobiliária constando o valor recebido mensalmente; ou cópia do contrato de locação com assinaturas reconhecidas em cartório;

 

D. COMPROVANTES DE GASTOS:
- Imóvel alugado apresentar: cópia do contrato de locação com assinaturas reconhecidas em cartório; ou declaração do locador e também de duas testemunhas com assinaturas reconhecidas em cartório, constando o valor pago mensalmente, conforme modelo disponível no site.
- Financiamento de Imóvel: apresentar cópia do contrato de financiamento; ou cópia do extrato de pagamento do financiamento.
- Cópia dos comprovantes de gastos com água, luz, telefone fixo, internet, condomínio, IPTU, taxa de lixo, transporte escolar, educação e financiamento de veículo.

 

E. COMPROVANTES DE GASTOS COM DOENÇA CRÔNICA:
- Cópia do laudo médico legível (o documento deverá conter: nome do paciente, código da doença (CID), tipo de tratamento, data, carimbo e assinatura do profissional que atesta), juntamente com os comprovantes de gastos com medicamentos para tratamentos contínuos (cópias de recibos, notas fiscais, etc.).

 

F. OBSERVAÇÕES:
- Em caso de dúvida na comprovação das informações a instituição de ensino pode solicitar documentação complementar;
- Todas as informações presentes no Formulário de Inscrição, exceto o gasto com alimentação, precisam ser comprovadas;
- Caso apresente na ficha socioeconômica algum gasto que não possua comprovante, utilize os modelos de declarações disponíveis no site: ielusc.br/SAE
- Será entendido como grupo familiar as pessoas que residam no mesmo endereço e que compartilhem as despesas.

 

NOTA: Nas situações em que o candidato a bolsa não puder apresentar algum dos documentos exigíveis para o seu caso, deverá apresentar um relato da situação do impedimento, assinado pelo declarante e por duas testemunhas com assinaturas reconhecidas em cartório.

 

 

2. CRITÉRIOS DE SELEÇÃO PARA BOLSAS DE ESTUDO

 

O Processo de Seleção compreenderá quatro etapas:


2.1. Primeira Etapa – inscrever-se no UNIEDU;
 

2.2. Segunda Etapa – Preencher formulário na CENTRAL DO ALUNO;
 

2.3. Terceira Etapa - análise dos dados e informações do candidato, pelo sistema, de acordo com a fórmula de avaliação para cálculo do Índice de carência, abaixo:

 

IC = RT x DM x PNE x MGFIP x DT x DD x IA x BGF
GF


ONDE:
 

Sigla Descrição Peso
IC Índice de Carência Cálculo conforme a fórmula
GF Número de Membros do Grupo Familiar Apenas informar
RT Renda Total do Grupo Familiar Apenas informar
DM Despesas com Moradia Própria= índice 1 Financiada ou Locada =0.7
PNE Portador de Necessidades Especiais Não = 1 Sim = 0.7
MGFIP Existe outro membro do Grupo Familiar cursando atualmente colégio ou graduação em uma instituição de ensino não gratuita? Não = 1.0 Sim = 1.2
DT Despesas com Transporte para Estudar Não = 1 Coletivo = 0.7 Moto = 0,9 Carro próprio ou da família = 1,2
Nenhum =1.0
DD Despesas Diversas: Somatório de despesas (água, luz) Se < 180=0.8 se > 180 até 300 =1.0 se > 300=1.2
IA Índice de Aproveitamento Semestral Se aproveitamento > 7.5, índice = 0.9 Se aproveitamento < 1, índice = 1
BGF Bens do Grupo Familiar Imóvel Rural Se possui 0 ou 1, índice = 1 Se possui 2 = 1.3 Se possui 3 = 1.6
Imóvel Urbano Se possui 0 ou 1, índice = 1 Se possui 2 = 1.3 Se possui 3 = 1.6
Automóvel Se possui 0 ou 1, índice = 1 Se possui 2 = 1.2 Se possui 3 = 1.8
Motocicleta Se possui 0 ou 1, índice = 1 Se possui 2 = 1.1 Se possui 3 = 1.6
Caminhão Se possui 0 ou 1, índice = 1 Se possui 2 = 1.3 Se possui 3 = 1.8
OBS: Quanto menor o índice obtido, maior será o grau de carência do candidato.

 

 

2.4 - Quarta Etapa - a Comissão Técnica efetuará a análise dos formulários e documentos apresentados pelos alunos pré-selecionados na primeira etapa.

 

2.5 – Cada uma das etapas terá caráter eliminatório, não sendo permitida a retificação de informações ou a entrega de documentação fora do prazo estabelecido no presente edital.
NOTA: Para a renovação da bolsa de estudo, no cálculo do índice de carência, considerar-se-á o critério do desempenho acadêmico, conforme critério abaixo:

 

 

3. DA AVALIAÇÃO
 

3.1. Caberá à Comissão Técnica criada no âmbito do BOM JESUS/IELUSC e constituída na forma do art. 3º da Lei 281 de 20/01/2005, a avaliação do grau de carência dos acadêmicos e a escolha dos beneficiados para as Bolsas de Estudo, mediante critérios objetivos, fixados pela comissão, expressos neste Edital.
 

3.2. A bolsa de estudo será distribuída, conforme Índice de Carência Financeira, comprovada através dos documentos apresentados pelo candidato, de acordo com a legislação vigente e com condições estabelecidas no presente Edital.
 

3.2.1 Terão prioridade no processo de seleção os portadores de necessidades especiais ou invalidez permanente devidamente comprovadas.
 

3.3. O valor do benefício concedido ao acadêmico, economicamente carente, poderá ser de 25% a 100% do valor da mensalidade por ele devida, conforme o seu grau de carência, ou outro percentual que venha a ser estabelecido por Lei.
 

3.4. O acadêmico economicamente carente, portador de necessidades especiais devidamente comprovadas, ou que tiver comprovada a sua invalidez permanente, receberá bolsa de estudo ou de pesquisa para pagamento integral da sua mensalidade, observados os limites quanto ao número de parcelas especificado no item 3.4 e que não ultrapasse o valor de UM SALÁRIO MÍNIMO E MEIO do ano anterior.

 

 

4. CRONOGRAMA
 

4.1 O processo de classificação dos inscritos para a Bolsa de Estudos do UNIEDU 2014/02 obedecerá o seguinte cronograma:

 

a. Inscrição no UNIEDU de 10/07/2014 a 11/08/2014.

b. Preenchimento da ficha socioeconômica no site www.ielusc.br no link CENTRAL DO ALUNO, de 18/08/2014 até 22/08/2014.

c. A divulgação da relação dos acadêmicos pré-classificados com respectivo grau de carência, data e horário para comparecimento da entrega dos documentos será no dia 26/08/2014 via internet e mural do BOM JESUS/IELUSC;

d. A relação oficial dos candidatos selecionados e suplentes será divulgada após assinatura do Convênio com a Secretaria de Educação, via internet e em murais afixados no BOM JESUS/IELUSC, homologados com parecer final da Comissão Técnica e Comissão Fiscalizadora;

e. No caso de desqualificação de acadêmicos, serão chamados os acadêmicos seguintes de acordo com o índice de carência estabelecido na inscrição;

 

 

5. DOS IMPEDIMENTOS PARA PARTICIPAÇÃO DO PROCESSO

 

5.1. Caracterizam-se como motivos suficientes para exclusão dos acadêmicos inscritos e sua conseqüente desclassificação, a ocorrência de qualquer das seguintes situações:
 

a) Apresentar a documentação incompleta;

b) Possuir curso superior, exceto licenciatura curta;

c) Possuir auxílio financeiro para custear seus estudos, como: ProUni, FIES, convênios, bolsas/empresa e outros;

d) Ter renda per capita familiar igual ou maior que três salários mínimos;

e) Não entregar documentos comprobatórios, conforme estipulado no Edital;

f) Falta de veracidade nas informações.

g) Apresentar Incoerência entre os dados informados e os documentos apresentados;

h) Apresentar dados falsos ou dados incompletos no preenchimento do formulário de inscrição;

i) Estar reprovado em mais de 25% nas disciplinas cursadas no semestre anterior, para os casos de renovação de bolsa;

j) Não ter comprovado o cumprimento das 20 horas semestrais obrigatórias, em caso de alunos que já tenham recebido o benefício em anos anteriores.
 

k) Residir a menos de 2 anos no estado de Santa Catarina;
 

L) Ter cursado o Ensino Médio em escola privada sem bolsa de estudos

 

 

6. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
 

6.1 Ao preencher seu formulário de solicitação de benefício via internet, o candidato declara-se ciente e de acordo com todas as normas do processo seletivo, bem como aceita as decisões que possam ser tomadas pela COMISSÃO TÉCNICA, segundo dispõe o Artigo 17 e 18 da Lei Complementar 281 de 20 de janeiro de 2005 (DOE 20/01/2005), em casos omissos e situações não previstas neste Edital;

6.2 Em virtude da natureza do processo seletivo, em nenhum caso caberá recurso das decisões tomadas pela comissão;

6.3 O presente Edital tem validade para inscrições à Bolsa de Estudo, para o ano de 2014. A distribuição das bolsas será feita de acordo com a classificação dos candidatos, independentemente do curso;

6.4 O repasse das parcelas do UNIEDU aos acadêmicos está condicionado ao repasse efetivo do recurso feito pelo Governo Estadual;

6.5 Para que o processo tenha eficácia, contamos com a colaboração dos acadêmicos no sentido de identificar situações que não sejam merecedoras do benefício, através de denúncia a qualquer tempo;
 

6.6 O aluno beneficiado deverá comparecer ao SAE quando solicitado para a assinatura do recibo coletivo. A falta de assinatura no recibo coletivo implicará a perda do benefício;

6.7 O acadêmico, beneficiado por qualquer das modalidades de atendimento prevista na Lei Complementar nº 281 de 20 de janeiro de 2005, que falsificar documentos ou falsear informações, além de perder o benefício que lhe foi deferido, ressarcirá os valores indevidamente recebidos e ficará automaticamente impedido de candidatar-se a futuras inscrições, sem prejuízo das sanções penais aplicáveis.
 

 

Joinville, 14 de julho de 2014.

 


Ana Paula Vieira de Vargas
Coordenadora do UNIEDU do BOM JESUS/IELUSC

 


Silvio Iung
Diretor Geral do BOM JESUS/IELUSC

 

 


 

BOLSA DO FUMDES - ARTIGO 171

 

As Bolsas de Estudo são recursos públicos destinados ao custeio de parte das mensalidades dos acadêmicos economicamente carentes.

Para participar deste programa é preciso fazer inscrição no , conforme regulamentado pelo programa do Artigo 171, que é atraves de Edital publicado a cada inicio de ano pela Coordenação do SAE. A inscrição só pode ser realizada por alunos matriculados nos devidos cursos do BOM JESUS/IELUSC.

Regulamentado por Lei Complementar Estadual 207/2008, lei que estabelece:

* o candidato a estas bolsas deve residir em Santa Catarina há pelo menos 2 anos e ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em escola particular com bolsa integral;

* o prazo de recebimento da bolsa corresponde ao tempo de duração do curso;

* o estudante beneficiado que interromper o curso terá que devolver o valor das bolsas recebidas.

 

 

TIPOS DE BOLSAS :

 

 

BOLSA DE ESTUDO

A concessão de Bolsas de Estudo a alunos economicamente carentes matriculados em cursos presenciais de graduação visa a garantir condições efetivas para o fomento do desenvolvimento e das potencialidades regionais pela inserção de jovens na educação superior.

 

BOLSA DE PESQUISA

Aplicar os recursos do FUMDES destinados à concessão de Bolsas de Pesquisa e Extensão, visando a inserção de jovens no universo da pesquisa e extensão como forma de contribuir para o fomento de desenvolvimentro econômico e social e das potencialidades regionais.

 

DENÚNCIAS

Falsificação de informações, fraude a documentos ou ao próprio processo de avaliação e seleção dos alunos beneficiários de bolsas de estudo e de bolsas de pesquisa, podem ser enviadas para a Comissão Técnica de Bolsas através da Ouvidoria.

 

 

 

 

Centro:
Ensino Médio e Ensino Superior
Rua Princesa Isabel, 438 Centro
89201-270 Joinville/SC
(047) 3026-8000
Saguaçu I:
Educação Infantil e Ensino Fund. 1ª a 4ª
Rua Guaratuba, 200 Saguaçu
89221-660 Joinville/SC
(047) 3026-8000
Saguaçu II:
Programa Bilíngue
Rua Mafra, 84 Saguaçu.
89221-665 Joinville/SC
(047) 3026-8000
Saguaçu III:
Ensino Superior e Ensino Fund. 5ª a 8ª
Rua Mafra, 84 Saguaçu
89221-665 Joinville/SC
(047) 3026-8000